Colunistas
Publicado em 17 d Outubro d 2011

AS 38 ESSÊNCIAS DOS FLORAIS DE BACH

por Fabio Oberdan Capuani

Hoje apresentarei a vocês mais 4 essências dos Florais do Dr. Edward Bach

WHITE CHESTNUT
Para os que não conseguem evitar pensamentos, idéias e deduções que não gostariam que entrasse em suas mentes. Isso costuma acontecer em épocas nas quais o interesse do momento não é intenso o bastante para ocupar sua mente por completo.
Os pensamentos preocupantes não os abandonam ou se, se desfazem por alguns momentos, retornam em seguida. Parecem dar voltas, causando um tormento mortal.
A presença de tais pensamentos desagradáveis põe fim à calma e interfere na capacidade de se concentrar somente no trabalho ou na diversão do dia.

MUSTARD
Para os que estão sujeitos a períodos de melancolia, e até de desespero, como se pairasse sobre eles uma nuvem gélida e sombria, encobrindo a luz e a alegria da vida. Essas crises podem não ter nenhuma razão ou explicação aparente.
Nessas condições, é praticamente impossível mostrar-se feliz ou animado.

CHESTNUT BUD
Para os que não tiram todo o proveito da observação e da experiência, e que levam mais tempo que os outros para aprender as lições da vida cotidiana.
Embora uma experiência basta para alguns, essas pessoas necessitam de mais, às vezes várias experiências, antes de aprender a lição.
Por isso, para seu pesar, acabam tendo de cometer o mesmo erro em diferentes ocasiões, enquanto uma vez seria o bastante, ou enquanto uma observação dos outros poderia evitar até esse único erro.

WATER VIOLET
Para os que na saúde ou na doença, apraz ficarem sós. Pessoas muito silenciosas, que andam sem fazer ruído, que falam pouco e com suavidade. Essas pessoas são muito independentes, capazes e seguras de si. Não são influenciadas pelas opiniões alheias. Reservadas, deixam as pessoas sozinhas e seguem o próprio caminho. Com frequência, são pessoas inteligentes e talentosas. Sua paz e serenidade são uma bênção para quantos as rodeiam.

Devemos lembrar que cada essência possui detalhes sutis, portanto sempre devemos procurar a orientação de um terapeuta floral, para que possamos tomar as essências mais indicadas para cada caso.


Publicado em 22 d Junho d 2011

FLORAIS DE BACH

por Fabio Oberdan Capuani

Atualmente tem-se falado muito em terapias complementares, tanto para pessoas (adultos e crianças) como para os animais e até plantas. Uma das terapias que vem sendo utilizada com excelentes resultados, são os Florais de Bach, na qual existe uma belíssima filosofia de vida.
Dr. Edward Bach nasceu em 24 de Setembro de 1886 na Inglaterra e se formou em medicina aos 26 anos. Trabalhou no hospital universitário em Londres e recebeu vários títulos como o de patologista, bacteriologista e homeopata. O seu interesse era de aliviar o sofrimento dos seres e por isso escolheu a profissão de médico, tanto que aos 16 anos deixou a escola e passou três anos na fundição de latão do pai, a fim de pagar seus estudos de medicina. Produzia vacinas orais baseadas em bactérias intestinais, porém desejava substituí-las por métodos mais suaves, possivelmente baseados em plantas. Iniciou suas descobertas com os florais em 1928 e receitou-os a seus pacientes de acordo com a personalidade de cada um e obteve resultados imediatos. Em 1930 encerrou sua atividade médica e foi à procura de mais florais na natureza.
Dr. Bach percebeu 39 portas diferentes para mobilizar a cura, sentindo os 39 estados de sofrimento que correspondiam a padrões universais de sofrimento. Cada sofrimento corresponderia a uma porta e precisaria de uma chave certa para abri-la. Os Florais Bach oferecem as chaves, porém só dependem do próprio indivíduo para poder transformar esse sofrimento. O efeito de tomar florais não é a supressão das atitudes negativas, mas a sua transformação em atitudes positivas. Assim como outras formas de medicina natural, os Florais de Bach exercem o seu efeito tratando o indivíduo e não a doença ou seus sintomas.
Os florais estão dividido em 7 grupos: Medo, Incerteza, Falta de interesse, Solidão, Hipersensibilidade, Desespero e Preocupação excessiva.
As pessoas não precisam estar doentes para se beneficiarem com os florais. Muitos passam por tempos difíceis e de fadiga onde o negativismo se instala; nesse momento os florais são valiosíssimos para repor o equilíbrio antes que os sintomas físicos surjam. Se imaginarmos uma cebola, os florais agem retirando as camadas (criadas pela vida) e fazendo com que retornemos ao centro, ao verdadeiro Eu.
O ideal é que a escolha dos florais seja feita por um terapeuta floral, pois este conhece mais a fundo as essências e suas sutilezas podendo assim indicar a mais correta. O tempo para aparecimento dos efeitos depende muito, pois como vimos, depende do indivíduo; pode ser da noite para o dia, dias, semanas meses. Existem florais para tipos e para situações, portanto um floral pode ser tomado para o resto da vida sem trazer problemas, pois não possuem princípio ativo, efeito colateral ou super dosagem.
Os florais restabelecem o equilíbrio trazendo a harmonia, porém devemos lembrar que se trata de uma terapia complementar, portanto não substitui o tratamento médico.


Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense ©

Rua Deputado Emílio Justo, 280 - Nova Aclimação - Atibaia - SP - (11) 4413-0001