Publicado em 01 d Junho d 2012

Padre Petrus receberá título de Cidadão Honorário

A honraria será impressa em pergaminho e entregue ao homenageado em sessão solene, em igreja construída no Jardim Cerejeiras.

O padre Petrus Maria de Waard

O padre Petrus Maria de Waard, 77 anos, 51 anos de sacerdócio, uma das maiores lideranças religiosas de Atibaia, será homenageado na próxima quarta-feira, no Santuário Diocesano A Senhora de Todos os Povos, no Jardim Cerejeiras. Segundo decreto legislativo da Câmara, ele receberá o título de Cidadão Honorário, de autoria do vereador Dr. José Paulo Teixeira, “pelos relevantes serviços prestados à comunidade”.
A honraria será impressa em pergaminho e entregue ao homenageado em sessão solene, na igreja citada, a partir das 19h30. Conhecido como padre Pedro, ele nasceu na Holanda em 1934. Naquele tempo, era comum as famílias colocarem nomes em latim em seus filhos.
Ordenou-se em março de 1961, como membro da Companhia de Maria de Montfort. Nos anos 60, sua ordem foi contatada por bispos brasileiros para o envio de missionários. Trabalhou primeiramente em São Paulo, onde construiu comunidades em Pirituba e na Lapa. Após 19 anos na Capital, chegou em Atibaia em abril de 1987, começando suas atividades na igreja de São Sebastião, em Caetetuba. “Gostei do ar, um dos quatro melhores do mundo, do morango, depois do pêssego”, comentou, bem-humorado.
Em maio de 1987, rezou a primeira missa na pré-escola do Jardim Imperial (atualmente Patacho Callegari), uma comunidade na época com 8 mil pessoas. Em junho de 1988, com D. Antônio Pedro Misiara, bispo da época, inaugurou o salão e casa paroquial Nossa Senhora Aparecida, no Jardim Imperial. Após um ano, inaugurou as salas de catequese e a cozinha. Mudou para a casa paroquial e assumiu definitivamente a paróquia, em novembro de 1988. Ficou durante 19 anos no Imperial.
Em 1992, a comunidade recebeu as santas missões, realizadas pela Igreja Católica. Depois, foram construídas a capela de São José nas Chácaras Brasil e a atual igreja de Nossa Senhora Aparecida, consagrada em abril de 1994 por D. Misiara.
O padre Petrus, a pedido do bispo D. José Maria Pinheiro, foi transferido em janeiro de 2008 para o Jardim Cerejeiras. O objetivo era construir o Santuário Diocesano A Senhora de Todos os Povos, nome de inspiração holandesa (Nossa Senhora apareceu na Holanda, anunciando-se como Mãe de Todos os Povos, sem distinções). A construção foi projetada em 2003 por D. Bruno Gamberini e Adelson Doratioto e logo iniciada, contando com diversas doações da comunidade.
A obra, que fica em terreno da Prefeitura onde está também uma creche, é bastante ampla e faltam poucos detalhes para sua conclusão. A capacidade no espaço principal do templo é para 500 fiéis. O salão comunitário pode abrigar mais 300 pessoas. Há cozinha, salas para jovens, crianças, Pastoral Familiar e reuniões dos pais, mais estacionamento para 20 vagas. O Corpo de Bombeiros orientou sobre a parte de segurança e aprovou as providências. Falta pintar os muros que cercam o terreno e colocar a imagem de Maria, em construção numa fábrica de Piracicaba, em redoma dourada, instalada à esquerda da entrada.
“A comunidade aqui é muito dinâmica, alegre, participativa”, elogiou o padre Petrus, cujo trabalho é construir comunidades.

Deixe seu comentário

Para postar um comentário, você precisa de uma conta.
Faça login
ou
Registre-se

Enquete

  Você é contra ou a favor do comércio em praças públicas?

A FAVOR
CONTRA

Última Edição

  Digite seu email abaixo para receber mensagens periodicamente com nossas últimas noticias:


Notícias por Data

Jornal O Atibaiense ©

Rua Deputado Emílio Justo, 280 - Nova Aclimação - Atibaia - SP - (11) 4413-0001